Sobre Hotéis que Fazem Acepção de Pessoas e Dores de Cabeça.

Olha eu por aqui! Espero que estejam todas bem. Nessa minha falta de tempo mal ando acompanhando os blogs das outra meninas, a vida anda mais corrida que tudo e depois de 3 meses sem dar as caras apareci aqui para dar um 'oi'. >.<  Mujhe maaf kijiye!

Então, para quem acompanha o blog sabe que a minha viagem para Índia está marcada para Dezembro, porém venho dizer que precisei remarcar minha passagem. (Nem me fale das taxas extras! :o Um absurdo)  Não estarei aterrando em Bombai esse Dezembro, mas no próximo. Meu noivo não terá férias devido a uma promoção e eu tampouco, poi arranjei um novo emprego. T-T Vida de pobre é complicada viu! rsrs

Enfim complicações a parte eu ainda estou planejando detalhes dessa viagem Indiana. Tenho me deparado com algumas situações difíceis, e até mesmo hilárias que resolvi que todas vocês merecem saber.

Se meter na vida dos outros é algo que sabemos que os Indianos fazem muito bem. (O noivo que não me veja falando assim! haha) mas dessa vez me deparei com uma que ofende profundamente meu senso de  privacidade. Lá estava eu a procurar um hotel decente e seguro aos arredores de Akalpuri (Bairro central de Vadodara) quando me deparei com uns preços até interessantes e uns hotéis bonitos e modernos, pelo menos era o que as fotos do site davam a entender. Como sou maníaca por plonejamento já entrei em contato com ambos hotéis e deixei no inbox  dos mesmo minha listinha de concerns.

Sim, se você estará ficando em hotéis (o que não é muito recomendado, mas as vezes não tem jeito não é? Falei sobre isso aqui) então sempre lembre-se de ficar atenta a pontos básicos de segurança e diferenças que um hotel precisa ter para ser minimamente seguro e confortável para uma moça viajando desacompanhada. Normalmente esses serão os hotéis mais caros, aqueles que estão listados em sites como o Booking e Hotéis também costumam ser relativamente seguros, uma vez que estão sempre sendo reservados para estrangeiros.

Nas minhas pesquisas de hotéis acabei comentando com um amigo Indiano que estava procurando um site onde eu pudesse reservar hotéis e pagar somente quando chegasse no mesmo, pois fico meio sismada de confiar em fotos. Me foi recomendado usar um tal de Oyo Rooms, entrei no site e até achei alguns hotéis bacanas e em conta; bem o pior aconteceu mesmo quando recebi as respostas dos hotéis que havia contactado anteriormente e também li algumas guidelines  de hotéis no Oyo Rooms. 

Nenhum dos hotéis que entrei em contato aceitavam estrangeiros! :o E os que aceitavam já diziam logo de cara que não aceitavam unmarried couples. Ali estava eu bestificada de que hotéis 4 estrelas estivessem fazendo distinção de casais que não fossem casados, e o pior, de estrangeiros.

Achei um absurdo (eu e os pequenos choques culturais que me pasmam todos os dias hahaha) e comentei com o fiance  sobre o ocorrido. Ele acabou me explicando e mesmo sem concordar eu preciso admitir que compreendi, portanto estarei relatando aqui para que vocês não se espantem tanto se passarem por uma situação dessas:

  1. Refusing unmarried couples
Até que eu entendo esse negócio de casais que não sejam casados se hospedando juntos, afinal, esperar o que de um país onde eles querem casar jovens casais que comemoram o dia dos namorados? Com tantos taboos por lá não é de se admirar que dormir juntos antes do casamento seja algo regulado até mesmo por quem não tem nada a ver com sua vida, como os hotéis.

      2. Refusing foreigners

Ok, esse me deixou bem confusa, os hotéis que apresentavam esse aviso eram hotéis de alguma forma "alta classe" com preços que um Indiano ganhando um salário mínimo de programador, por exemplo, não conseguiria alugar; entretanto esses mesmíssimos hotéis não aceitam estrangeiros.

Ao menos esse ponto tem uma explicação decente (além da rigorosidade sexual e bisbilhotice na vida alheia) há algum tempo o ministro da segurança e turismo (sim, o mesmíssimo que sugere banir o uso de saias curtas por estrangeiras) decretou que todos os hotéis que recebem estrangeiros devem recolher os dados dos mesmo e se reportarem aos postos policiais a fim de melhorar o controle e segurança dos turistas, por esse motivo vários hotéis não estão dispostos a "ficar de olho" no hóspede ou pagar impostos a mais. Assim apenas Indianos são permitidos a se hospedarem nesses hotéis.

Não sei nem o que dizer sobre isso, mas 'Em Roma faça como os Romanos' e eu também não tenho muitas escolhas não é? Melhor procurar um pouco mais e ficar em um hotel bom, ao menos me sentirei como uma rainha em um hotel 5 estrelas! :) O que mais me chateia é que tenho um casal de amigos que apenas moram juntos e haviam comentado que gostariam de passar algumas semanas no Gujarat, mas ou indico a linha Hilton ( Um tanto salgada se você planeja ficar mais do que duas semanas, porém padrão de hotel internacional) ou ambos terão que dormir em quartos separados. :/

Não preciso nem comentar o quanto estou frustrada com essas mesquinharias né? Talvez mais do que nunca, estou em uma fase de turbulência com meus in laws meu noivo finalmente contou para todo mundo lá que ele estará noivando com uma estrangeira e resolvemos abrir o relacionamento no Facebook; era de se imaginar que a mãe dele está desconsolada. Não que ela fale algo, aliás o problema é que ela apenas ignora como se o "problema" não existisse e isso está a me irritar. Eu havia comentado que ficaria na casa dela, mas para falar a verdade depois de tudo que vem acontecendo creio que ter o meu próprio espaço seja melhor. Sou muito reservada e sensível e não quero ser a razão para que meu noivo e a mãe entrem em desavença, pois sei que ela acabará falando algo que me magoará e ele então tentará me defender e a coisa vai ficar feia.

Obviamente que nem todo mundo passará por uma situação igual a minha, também não afirmo que a forma como estou agindo seja a melhor. É necessário perceber como cada família é, meu noivo é filho único e a minha futura sogra é divorciada (Pasmem! E mesmo assim acha que mulher branca não serve pro filho dela.) então por esse mesmo motivo não quero ser o pivô do clima ruim, mesmo que a situação em que me encontro seja chata. Eles são muito unidos e eu aprecio esse vínculo, quero que ambos continuem a dividir esse laço tão importante e esse é o motivo da minha decisão de ficar em um hotel. Irei a casa dele e passarei por tudo sem reclamar, mas creio que ambas ficaremos mais confortáveis se não invadirmos nossos espaços pessoais.

O post já está gigante, mas ainda tenho mais uma coisinha para dividir: Talvez o Janu virá passar a semana do natal aqui! Nem sabem o quanto isso me deixa feliz, afinal alguns dias atrás fez um ano que nos vimos pela última vez. Se tudo der certo passo por aqui para dizer se ele realmente virá. Sei que LDRs são difíceis e as diferenças culturais as vezes nos dão vontade de largar tudo e correr, mas acreditem no amor meninas, vai compensar especialmente se o seu Janu está disposto a enfrentar a sociedade por você.

Beijos & Abraços,
Leticya.





Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©