Anedotas Indianas e as Casamenteiras



Oi gente!

Há algum tempo que vem acontecendo uma situação um tanto hilária comigo e após ler os posts da Juliana do Tabibito Soul sobre um rapaz indiano que estava procurando noiva, resolvi compartilhar com vocês.
Antes de conhecer meu noivo conheci um outro indiano em uma conferência em São Paulo, ele estava aqui em uma viagens de negócios e não falava nadica de nada de português; acabamos fazendo amizade, pois na época já me interessava pela cultura indiana e estava ávida para desenferrujar meu Inglês. O moço era bastante agradável e reservado, ficamos bons amigos e mesmo depois que ele voltou para Índia continuamos nos correspondendo pela internet.

Alguns podem perguntar: "Mas se o moço era tão bom, não casou com ele por quê?"

Não casei porque não é assim que vejo o Raj (Nomes alterados para proteger privacidade rs). Nos correspondemos frequentemente e ele foi um dos primeiros a parabenizar meu noivado com um Gujarati. Mas enfim, vamos ao que causou esse post; mês passado o Raj me enviou uma mensagem perguntando se estava tudo bem e quando vou casar (O homem está sempre perguntando sobre meu noivo rs) após responder a mesma coisa que sempre respondo ele disse que precisava ter uma conversa séria comigo. Fiquei até cautelosa, afinal o que ele poderia ter de sério para tratar comigo? Foi mais ou menos assim:

Raj: Você sabe que fiz 30 anos, não é?
Eu: Sim, por quê?
Raj: Então.. Minha família começou a se desesperar, querem que eu me case.
Eu: Ora, 30 anos não é o fim, mas já que querem tanto porque não lhe arrumam pretendentes?
Raj: Já venho me encontrando com possíveis noivas há um ano, nenhuma me agrada ou quando agrada parece que a moça não gosta.

Aí eu já disfarcei uma risada, somente indianos para transformar o simples ato de gostar de alguém e casar em algo digno de tramas Hollywoodianas, ou melhor dizendo, Bollywoodianas.

Eu: Continue procurando Raj, uma hora você esbarra na moça certa.
Raj: Sabe minha família já gastou algum dinheiro com Casamenteiros e nenhum deles conseguiu me arranjar uma moça que goste de mim. Sei que você está bem relacionada com um Indiano e poderia me indicar para algumas moças Brasileiras, prometo que te pago bem.

Sério... Eu já estava rolando de rir, mas quem é que paga os outros para arrumar um parceiro? Bem, pelo visto o Raj. O moço parecia realmente desesperado e começou a mandar uma lista de referências trabalhistas, sociais, enviou foto dos pais, da casa que mora, dele mesmo, explicou a vida tim-tim por tim-tim.

Para nós Brasileiras isso é uma grande piada, mas para eles isso é sério. A pressão social para se casar é algo que realmente pesa na Índia e eu fiquei com pena do Raj, tentei explicar que eu não era casamenteira; já ouvira falar desse tipo de serviço oferecido por alguns Indianos, mas não imaginava que as pessoas realmente recorressem a isso quando o Shadi.com está aí para ajudar com o match. Entretanto o tal do Indiano não aceitava um não.

Raj: Babhi eu sei que você pode me ajudar, preciso casar, vou dar uma vida boa para a moça que queira me desposar. Prometo que serei um ótimo marido, não quero dote e sou moderno, eu só preciso casar.

Eu: Mas com uma Brasileira, Raj? Tanta Indiana aí e você me vem com uma dessas?

Raj: Se não sirvo para as Indianas deve ter alguma Brasileira que me queira.

Disse que ficaria de olho e reportaria se alguma amiga (doida XD) manifestasse um desejo súbito de se casar em um casamento arranjado e mudar para Índia.

Desde então ele me pergunta quase todo dia se já arranjei uma noiva para ele, fico sem saber o que fazer. Ele se oferece para pagar achando que é isso que me impede de apresentar algumas moças, mas sempre recuso e tento tirar essa ideia absurda dele, mas o homem parece que está decidido que eu sou a salvação para a solteirice do mesmo.

Piadas a parte não vejo uma Brasileira embarcando nessa aventura, mas como o Raj não me ouve continuo incentivando a busca dele por lá, que ainda acho que renderá muito mais frutos do que aqui. E vocês? O que acham das ideias do Raj? Tenho alguma candidata ao posto? rsrs

Beijos&Abraços,
Leticya.


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©